Homem fica com 80% do corpo queimado após amigo “brincar de Lúcifer”

Dois homens, de 48 e 56 anos, deram entrada na noite de ontem (02), no Hospital da Vida, em Dourados, apresentando queimaduras pelo corpo. Um dos homens assumiu ser autor do incêndio que feriu a dupla e afirmou que foi causado enquanto brincavam de “lúcifer”.

Célio foi preso em flagrante por incêndio e tentativa de homicídio - Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News
Célio foi preso em flagrante por incêndio e tentativa de homicídio – Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a dupla deu entrada no hospital por volta das 20h. Célio Novaes Tomaz apresentava queimaduras leves nas costas, já o amigo de 56 anos, ficou com 80% do corpo queimado.

Em conversa com os funcionários do hospital, Célio informou que mora em uma kitnet com o amigo na rua São Francisco, no Jardim Itália e, ontem, após tomarem pinga, resolveram brincar de”lúcifer”. Ele teria colocado fogo no colchão onde o amigo estava deitado e, rapidamente, as chamas se espalharam pela casa. Com ajuda dos vizinhos, a dupla conseguiu sair da residência.

Ambos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados ao hospital. Diante da confissão, Célio foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da cidade.

O caso foi registrado como homicídio simples na forma tentada e incêndio culposo.

Comentários

comentários