Homem é morto a facadas e ex-mulher é suspeita de “encomendar” o crime

Antonio dos Santos (64),foi foi assassinado nesta sexta-feira (01), em frente a um quiosque na feira livre, na rua Professora Etelvina de Vasconcelos no centro de Rio Brilhante. O fato aconteceu por volta das 17:30h.

Vitima morreu em frente a um quiosque na feira da cidade- Fotos ( Rio Brilhante News- Olimar Gamarra)
Vitima morreu em frente a um quiosque na feira da cidade- Fotos ( Rio Brilhante News- Olimar Gamarra)

De acordo com o divulgado no site Rio Brilhante News, as informações da polícia apontam que a principal suspeita de ser a mandante do crime é a ex mulher de Antonio, uma senhora de 70 anos. Ela foi detida próximo ao local do assassinato.

A vitima foi atingida com três golpes de faca, sendo um na cabeça altura da testa e dois no tórax. De acordo com a pericia criminal que esteve no local há a possibilidade de o crime ter sido realizado com duas facas.

Ainda conforme o site,ao lado do corpo estava um facão, e um corote de pinga, alem de documentos pessoais em uma mochila. Esse facão de acordo com a pericia pode ter sido usado para golpear a vitima.

A ex mulher, foi detida pela polícia militar ao passar próximo ao local do crime enquanto a PM realizava o isolamento da área e aguardava a polícia civil. O carro que ela estava de cor prata foi reconhecido por uma testemunha como sendo o mesmo de onde minutos antes saltou um homem, que foi em direção a vitima, golpeando-o, e em seguida teria entrado no carro, que segundo essa testemunha era conduzido por uma mulher, e deixado o local.

Ainda de acordo com a PM, algumas horas antes do crime uma guarnição havia sido acionada via 190 para atender umas ocorrência onde Antonio, teria quebrado vidros de uma janela na casa da ex mulher. Porém quando a viatura chegou ao local ele já havia fugido e não foi localizado.

A ex-mulher nega a participação no crime.A idosa foi detida e encaminhada para a delegacia de polícia civil juntamente com o veiculo. Ela deve ser ouvida pelo delegado Christian Duarte Mollinedo, de Nova Alvorada do Sul.

O caso segue sendo investigado segundo a polícia já ha registros de ocorrência de briga entre os dois.

Imagens de câmeras de monitoramento da região também podem ajudar a polícia a esclarecer o crime.

Comentários

comentários