Homem é mantido refém após indígena ser baleado em área de conflito

Um homem de 46 anos foi mantido refém como forma de represália após um indígena ser baleado na área de conflito entre a Aldeia Jaguapiru e propriedades rurais da região. Ele fazia trilha em sua bicicleta pelo local, quando um grupo de aproximadamente 60 pessoas o cercaram e impediram de prosseguir. De acordo com informações do site Dourados News, os indígenas o pressionavam para gravar um vídeo falando sobre o fato.

Um delegado da Polícia Civil foi avisado sobre a situação e pediu apoio a Polícia Militar, que através da Força Tática se deslocou até a região. Foram aproximadamente 45 minutos de negociação até que o ciclista fosse liberado.

Foto: Osvaldo Duarte
Foto: Osvaldo Duarte

Durante as conversas, os indígenas informaram Jonemar de Ramos Machado, 38 anos, conhecido como ‘Pata’, morador na Aldeia Jaguapiru. Ele havia sido baleado com um tiro nas costas. Segundo a polícia, os próprios indígenas não souberam afirmar de quem partiu o disparo, se de produtores rurais da região quem vem sendo invadida ou em conflito entre os próprios índios.

O indígena foi encaminhado até o Hospital da Vida e passa bem. Já o homem mantido como refém acabou liberado após negociações da polícia.

 

Comentários

comentários