Homem deitado na rua morre após ser atropelado por motorista embriagado e sem CNH

Um homem, identificado apenas como Luiz Claudio, morreu atropelado por volta na tarde de ontem (26), enquanto estava deitado na rua Pedro Celestino, no centro de Camapuã. O condutor do veículo, I.S.S. de 43 anos, estava embriagado e não tinha CNH (Carteira nacional de Habilitação).

Segundo informações do site Edição de Notícias, o motorista contou aos policiais que estava estacionando o GM Monza ao lado de um bar, mas não viu o homem deitado no chão e acabou passando por cima dele. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi ao local e constatou que o homem estava morto. Ele não portava nenhum documento pessoal.

Foto: Fabricio Martins
Foto: Fabricio Martins

A dona do bar disse à polícia que a vítima chegou no comércio às 13h e pediu para deitar ao lado do local. A comerciante contou ainda que o homem estava em visível estado de embriaguez e que apenas ouviu o barulho do acidente.

Os policiais verificaram que o motorista estava com forte odor etílico, voz pastosa, olhos avermelhados, andar cambaleante, além disso, ele afirmou que havia ingerido bebida alcoólica e não apresentou a CNH.

O motorista foi notificado e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil juntamente com o veículo apreendido. O caso foi registrado como homicídio culposo qualificado pela falta de habilitação.

Comentários

comentários