Hemerson Maria é o quinto técnico demitido no Brasileirão

Já dá para dizer que algum dos 20 técnicos do Campeonato Brasileiro tem grandes chances de ser demitido a cada rodada. Pelo menos até a quinta data, a média tem sido mantida, e o responsável pelo último corte foi o Joinville. A equipe catarinense anuncia nesta quinta-feira que Hemerson Maria não é mais seu treinador.

Péssimo desempenho do time rendeu demissão de Hemerson Maria - Foto: Juliano Schmidt
Péssimo desempenho do time rendeu demissão de Hemerson Maria – Foto: Juliano Schmidt

A demissão se dá pelo mau desempenho do Coelho na largada do Brasileirão: apenas um ponto foi conquistado entre os 15 disputados até aqui. Além disso, o time marcou um único gol na Série A e tomou oito.

Com a queda de Marcelo Oliveira na segunda-feira, Hemerson Maria ostentou por três dias o posto de treinador há mais tempo no cargo entre os da elite do futebol brasileiro. Ele chegou ao Joinville em dezembro de 2013, sendo também o técnico com a maior sequência ininterrupta no comando do JEC.

Apesar da demissão, o clube faz questão de agradecer ao ex-comandante tricolor. “Estamos na série A do Campeonato Brasileiro, somos os atuais campeões catarinense e muito disso devemos a Hemerson Maria. Nosso mais profundo agradecimento a este profissional que demonstrou caráter e muita dedicação ao Joinville”, escreve, no site oficial do clube, a diretoria que passa a procurar um substituto para o cargo.

GAZETA ESPORTIVA

 

Comentários

comentários