Hamilton iguala Senna em poles na carreira e larga na ponta no Canadá

Gazeta Esportiva.com

Foto: Will Taylor / Getty Images-AFP

No treino classificatório da tarde deste sábado, que definiu o grid de largada oficial para o GP do Canadá de Fórmula 1, em Montreal, foi Lewis Hamilton quem conseguiu garantir a primeira posição após desempenho dominante na atividade, levando a melhor sobre o concorrente Sebastian Vettel. Esta foi a 65ª pole position do britânico na carreira, igualando marca do brasileiro Ayrton Senna.

Ao término do classificatório, o piloto da Mercedes foi homenageado pelo feito e recebeu um presente do Instituto Ayrton Senna: um capacete verde e amarelo usado pelo ídolo. O britânico não escondeu a emoção pelo reconhecimento: ” Ayrton é o piloto favorito de muitos de vocês. Também é o meu. Empatar com ele e receber isso é uma honra incrível, obrigado, agradeço muito”.

Depois de manter ritmo mais contido durante sessão livre na parte da manhã, Hamilton mostrou a que veio na atividade que valia a pole position, acirrando a briga entre Mercedes e Ferrari pela ponta. Passando com tranquilidade pelo Q1 e Q2, o britânico chegou ao Q3, a bateria final, e desempenhou o que era no momento o melhor tempo da história do circuito de Montreal: 1min11seg791.

Vettel respondeu com volta igualmente impressionante, de 1min11seg795, ficou a apenas milésimos de alcançar seu oponente e acrescentou emoção aos minutos finais do treino. O britânico, no entanto, estava inspirado, e melhorou seu desempenho ainda mais, com incríveis: 1min11seg459, o novo recorde da pista.

Atrás do alemão, veio Valtteri Bottas, que chegou a ensaiar briga pela ponta em determinados momentos do treino, mas apenas correu por fora na parte final. Raikkonen, com sua Ferrari, veio na quarta posição.

Na sequência, a Red Bull conseguiu dobradinha e colocou o holandês Max Verstappen, com 1min12seg403 e o australiano Daniel Ricciardo com 1min12seg557 em quinto e sexto, respectivamente.

O sétimo foi o brasileiro Felipe Massa, que teve desempenho de 1min12seg858 com sua Williams. O espanhol Fernando Alonso largará com a McLaren na 12ª colocação, com 1min13seg693.

Confira o grid completo:

1: Lewis Hamilton (ING/Mercedes): 1min11seg459
2: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari): 1min11seg789
3: Valtteri Bottas (FIN/Mercedes): 1min12seg177
4: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari): 1min12seg252
5: Max Verstappen (HOL/Red Bull): 1min12seg403
6: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull): 1min12seg557
7: Felipe Massa (BRA/Williams): 1min12seg858
8: Sergio Perez (MEX/Force India): 1min13seg018
9: Esteban Ocon (FRA/Force India): 1min13seg135
10: Nico Hulkenberg (ALE/Renault): 1min13seg271
11: Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso): 1min13seg690
12: Fernando Alonso (ESP/McLaren): 1min13seg693
13: Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso): 1min13seg756
14: Romain Grosjean (FRA/Haas): 1min13seg780
15: Jolyon Palmer (ING/Renault): 1min13seg990
16: Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren): 1min14seg182
17: Lance Stroll (CAN/Williams): 1min14seg209
18: Kevin Magnussen (DIN/Haas): 1min14seg318
19: Marcus Ericsson (SUE/Sauber): 1min14seg495
20: Pascal Wehrlein (ALE/Sauber): 1min14seg810

Comentários

comentários