Hamilton é pole mesmo após rodar; Massa larga em 4º

O britânico Lewis Hamilton iniciará na ponta do grid pela sétima vez em oito provas no Mundial de Fórmula 1 . O piloto da Mercedes estabeleceu a pole position para o Grande Prêmio da Áustria da categoria, com a marca de 1min08s455, em um treino classificatório marcado por erros. Veja como foi o treino em detalhes.

20hamilton

Sem bom desempenho durante todo o fim de semana em Spielberg, Lewis Hamilton surpreendeu ao anotar o melhor tempo da primeira metade do Q3. O britânico da Mercedes rodou a 1min08s455, marca mais rápida dos três dias de trabalho da F1 no circuito austríaco.

Quando os pilotos fizeram a segunda saída dos boxes, com pneus novos, os dois pilotos que brigavam pela pole erraram. Primeiro, Lewis Hamilton rodou na parte inicial do circuito, gerando bandeira amarela no primeiro setor. Nico Rosberg já estava no segundo trecho da pista quando isso aconteceu e teve chances de tomar a primeira colocação de seu companheiro de equipe.

Mas também errou. Na última curva do circuito, o piloto alemão foi parar na caixa de brita e teve que se conformar com a segunda colocação do grid, com a marca de 1min08s655, e a sétima pole position de Lewis Hamilton em oito provas no Mundial.

A segunda fila será aberta pelo alemão Sebastian Vettel, que foi o mais rápido na sexta-feira e no terceiro treino livre, mas acabou superado pelas Mercedes. No classificatório, ele andou a 1min08s810. Já Felipe Massa, da Williams, ficou com a quarta colocação, com 1min09s192.

Nico Hulkenberg fez a quinta melhor volta, seguido por Valtteri Bottas e Max Verstappen. O russo Daniil Kvyat ficou em oitavo, mas largará em 18º por causa de uma punição. Assim, o brasileiro Felipe Nasr, que fez o nono tempo do Q3 em Spielberg, começará a prova na oitava colocação.

Na temporada passada, o Grande Prêmio da Áustria de Fórmula foi a única prova que não teve um piloto da Mercedes na ponta do grid. Na ocasião, o brasileiro Felipe Massa utilizou o bom acerto de sua Williams em Spielberg para quebrar a hegemonia da equipe alemã nos treinos classificatórios.

A última fila do grid em Spielberg neste domingo será ocupada pelos carros da McLaren porque Jenson Button e Fernando Alonso precisam cumprir 25 posições de punição pela troca de partes da unidade de potência, caixa de câmbio e exceder o limite de motores para a temporada.

Como só há 20 carros na Fórmula 1, eles largarão nas últimas posições e ainda pagarão parte da punição com passagens pelos boxes durante a prova. A dupla da Red Bull também paga pena. Daniil Kvyat e Daniel Ricciardo perdem dez postos no grid e dividirão a nona fila em Spielberg. Com isso, o finlandês Kimi Raikkonen, eliminado ainda no Q1, começará a prova em 14º.

TERRA

 

Comentários

comentários