Guerrero soma cartões amarelos e Flamengo admite preocupação

Nos três últimos jogos do Flamengo no Campeonato Brasileiro a cena se repetiu. Guerrero disputa a bola com o adversário, o árbitro para a partida, o peruano reclama de forma exagerada e acaba punido com o cartão amarelo.

Guerrero leva cartão amarelo na partida contra o Santos (Foto: Marcello Dias)
Guerrero leva cartão amarelo na partida contra o Santos (Foto: Marcello Dias)

A consequência desses destemperos será sentida pela primeira vez pelo torcedor rubro-negro no duelo com o Atlético-PR, nesta quarta-feira, quando o atacante estará suspenso.

O clube da Gávea já admite preocupação com o camisa 9 por conta dessas reclamações. Após a derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, em Campinas, neste domingo, o técnico Cristóvão Borges associou a irritação do atacante às pancadas que leva em campo, mas sabe que isso não justifica.

– Temos conversado com ele. Inclusive conversamos com ele sobre isso antes do jogo, explicando que a arbitragem está mais rigorosa, principalmente em termos de reclamação e de dar vantagem para o jogo possa fluir mais e ter mais bola rolando. Conversamos, sim. Como é um jogador que atua no ataque e às vezes apanha bastante, fica irritado. Mas ele sabe que tem que melhorar isso – afirmou o comandante.

Os cartões, que podem ser considerados desnecessários, vão na contramão do grande esforço que a diretoria do Flamengo fez por ele nos últimos dias. Convocado pela seleção peruana para dois amistosos nos dias 4 e 8 de setembro, Guerrero desfalcará o time nos jogos contra Avaí, Fluminense e Cruzeiro.

Dirigentes do Fla tentaram sua liberação, mas a FPF (Federação Peruana de Futebol) não aceitou.

Cristóvão ainda lamentou a ausência de Guerrero no próximo jogo, mas disse confiar no elenco.

– É um desfalque importante, de um jogador que vem decidindo algumas partidas para nós. Mas com toda certeza teremos outros jogadores para poder suprir e montar a equipe de forma que ela possa fazer um grande jogo na quarta-feira.

Kayke pode estrear

Para esta partida, o Fla poderá ter a estreia do atacante Kayke. Formado nas divisões de base do clube, ele estava no ABC, de Natal, e foi contratado no fim da última semana. Como estava atuando regularmente no time potiguar, a questão física não será problema.

Porém, ele ainda precisa ser inscrito no BID (Boletim Diário Informativo) da CBF. Com Marcelo Cirino e Paulinho lesionados, quem aparece como opção também é o jovem Douglas Baggio. Além desses, Ederson, contratado para jogar no meio-campo e que pode fazer sua estreia pelo Rubro-Negro, chegou a treinar na posição mais avançada.

globoesporte.com

Comentários

comentários