Grupo denominado ‘Caçadores da Paz’ realiza manifesto e três são baleados na fronteira

Na noite de sexta feira (21) por volta das 21.15hs, três pessoas identificadas como os paraguaios, Elvio Santos Martinez Lopez (39), Herminio Nuñez Sanabria (44) e o adolescente C.N.F. (17) foram atacados a tiros por pistoleiros que se encontravam a bordo de uma motocicleta cor escura na rua Ramão Gill Sanchez do bairro Maria Vitoria na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã.

nota

Segundo o site porãnews, o ataque aconteceu momento em que as vitimas se encontravam em frente a uma residência, onde chegaram os pistoleiros que sem mediar palavras realizaram vários disparos contra o trio, que foram levados ao Hospital Regional da cidade, onde após receberem atendimento medico foram liberados.

Agentes da Policia Nacional de Pedro Juan Caballero, chegaram até o local e recolheram várias evidencias para a investigarão do caso.

O fato ocorreu horas após um grupo autodenominado “Caçadores da Paz” realizar um comunicado nas redes sociais, onde diz “este e o primeiro aviso para os ladrões, à fronteira tem que ser respeitada”.

Ladrões de motos, ladrões de carros, ladrões de bolsa e assaltante, todos do tipo vão morrer.

Sabemos tudo sobre todos, fotos, lugares onde moram.

O aviso vem assinado pelos autodenominados Caçadores da paz, mas até o momento às forças de segurança não realizaram nenhuma manifestação sobre a nota enviada e não se sabe se o manifesto teria relação com a tentativa de homicídio.

Comentários

comentários