“Greve não tem propósito”, avalia secretário estadual de administração

O secretário estadual de administração, Carlos Alberto de Assis, em entrevista ao programa Tribuna Livre e ao Página Brazil na manhã desta segunda-feira (23), avaliou como sem propósito os últimos movimentos de greve no Estado.

De acordo com o secretário, não há motivos para greve, uma vez que o governo do Estado está mantendo diálogo com as categorias. “A greve deve ocorrer quando o governo diz que não fala mais com você. Nós estamos conversando e abertos ao diálogo, então não tem o propósito da paralisação”, explicou Carlos Alberto.

Foto: Arquivo
Foto: Arquivo

Ainda segundo o secretário, as negociações com as classes estão quase todas fechadas. “De 40 mil servidores, pelo menos 38 anos já aceitaram o acordo. Até a próxima quarta-feira (25) nós devemos fechar com todas as categorias e resolver o problema do abono que o governo ofereceu, mesmo em um momento de crise”, ressaltou.

Na dia 16 de maio, o servidores do  Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) entraram em greve, mas após negociação com o governo, retomaram os trabalhos no dia 19. Aos servidores do órgão foi concedido um aumento de 6,5%, abono no valor de R$ 200 e revisão do plano de cargos e carreira em maio de 2017.

Comentários

comentários