Grêmio confirma grande fase e bate Atlético-MG no Mineirão

Depois de golear o Internacional por 5 a 0, o Grêmio obteve mais uma grande vitória no Campeonato Brasileiro . Nesta quinta-feira, jogando com grande personalidade, o time gaúcho calou o Mineirão e venceu o Atlético-MG por 2 a 0, com gols de Douglas e Luan. O resultado leva o Corinthians à liderança do campeonato, com 37 pontos, um a mais que o Galo e quatro à frente do Tricolor Gaúcho, que é o 3º colocado.

Jemerson (esq.) disputa bola pelo alto com Geromel (Foto: Terra)
Jemerson (esq.) disputa bola pelo alto com Geromel (Foto: Terra)

O Galo tentou impor uma pressão nos minutos iniciais, mas logo o Grêmio tratou de valorizar a bola e esfriar o jogo. Defendendo-se muito bem, os gaúchos abriram o placar num lindo contra-ataque de pé em pé, envolvendo Galhardo, Maicon, Pedro Rocha, Walace, Giuliano e Douglas. O time tricolor começou melhor o segundo tempo e ampliou a vantagem. Sofreu certa pressão quando Luan entrou no Galo, mas sustentou o resultado com a segurança de sua zaga e do goleiro Marcelo Grohe.

Os dois times voltarão a jogar no fim da tarde de domingo, contra equipes do interior catarinense: o Atlético-MG visita a Chapecoense , enquanto o Grêmio receberá o Joinville .

Com o Mineirão recebendo 49 mil torcedores, o Atlético-MG partiu para cima e tentou exercer sua pressão inicial habitual. Logo aos dois minutos, Dátolo bateu escanteio, Jemerson subiu mais que todo mundo e cabeceou para defesa em dois tempos de Marcelo Grohe. Aos nove, Pratto recebeu de Marcos Rocha na área, mas Geromel salvou na hora da conclusão.

Passados os 15 minutos iniciais, o Grêmio começou a valorizar a posse de bola, adiantar a marcação e equilibrar o jogo. Ainda assim, a iniciativa era atleticana, com os gaúchos buscando o contragolpe. Ocorreram dois lances polêmicos: aos 13, Leonardo Silva chutou, a bola bateu no cotovelo de Erazo na área, mas o árbitro Dewson Freitas Silva não marcou o pênalti. Aos 33, foi o time gaúcho reclamou de penalidade após Galhardo ser empurrado por Thiago Ribeiro na área.

O jogo seguiu equilibrado, com altíssima intensidade, mas poucas chegadas de perigo. O Grêmio teve oportunidade aos 26, mas Luan bateu falta por cima. Thiago Ribeiro chutou para fora aos 36, Erazo cortou o perigo após cruzamento de Douglas Santos aos 39, até que, aos 40, o Tricolor abriu o placar: em um lindo contra-ataque com bola de pé em pé, Giuliano arrancou e deu passe perfeito para Douglas, que invadiu a área pela esquerda e venceu Victor com um chute cruzado. O Galo teve chance de empatar aos 44, mas Marcelo Grohe defendeu chute de fora da área de Leandro Donizete.

A esperada pressão do Galo não ocorreu no começo do segundo tempo. Aos três minutos, Douglas levou perigo em chute da entrada da área. Aos quatro, o camisa 10 gremista deixou Pedro Rocha livre. O garoto driblou Victor, mas Jemerson salvou. Aos 6, a resposta: Marcos Rocha cruzou, Pratto fez o corta-luz e Thiago Ribeiro entrou livre, mas Galhardo cortou na hora do arremate. Aos 9, em outro contra-ataque, o Tricolor ampliou: Giuliano recebeu lançamento de Douglas livre pela esquerda, invadiu a área e rolou para Luan fazer 2 a 0.

Precisando reverter o panorama do jogo, Levir Culpi foi para o tudo ou nada, retirando Leandro Donizete para a entrada de Luan. Mas o Grêmio seguia melhor: aos 16, Marcelo Oliveira fez boa jogada pela esquerda e bateu para fora. Aos 22, Douglas recebeu, invadiu a área, mas foi desarmado na hora do chute por Leonardo Silva. O Galo só chegou aos 23, com Dátolo batendo de longe na trave. Na jogada seguinte, Dodô cruzou, Luan escorou e Dátolo chutou na zaga do Grêmio .

O time da casa chegava com perigo, mas dava espaços atrás. Aos 27, Dátolo fez boa jogada e acionou Luan, mas Marcelo Grohe saiu do gol e evitou o chute. O Grêmio respondeu em contra-ataque finalizado por Giuliano, e Victor pegou. Aos 35, Luan cruzou e Pratto fez sua primeira conclusão no jogo, por cima do gol. Aos 37, Thiago Ribeiro cruzou, Marcelo Grohe não tirou e Leonardo Silva cabeceou para fora. Aos 42, Luan cruzou para Pratto, que perdeu grande chance. Aos 44, o goleiro gremista salvou em chute de Dodô dentro da área. Aos 47, Rafael Carioca bateu e Grohe pegou outra.

TERRA

Comentários

comentários