Governo doa área para UFGD construir hospital da mulher e da criança em Dourados

O governador Reinaldo Azambuja assinou neste sábado (16), segundo dia de mobilização geral da Caravana da Saúde em Dourados, termo de compromisso para doação de um terreno para a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) construir um hospital de atendimento à mulher e à criança.

Foto Chico Ribeiro
Foto Chico Ribeiro

A área que fica ao lado do Hospital Universitário será destinada à construção do Instituto da Mulher e da Criança (IMC), uma nova unidade voltada para atendimentos de mulheres e crianças de toda a região da Grande Dourados com serviços nas áreas de ginecologia, obstetrícia pediatria e neonatalogia.

Os investimentos para a construção são provenientes de emendas parlamentares e contrapartida da UFGD. O total recursos de emendas será da ordem de R$ 5.813.000,00

A unidade de saúde, que será construída em anexo ao prédio do Hospital UFGD, terá um edifício com 8,7 mil metros quadrados construídos, com subsolo e mais quatro pavimentos, dotados de consultórios de ginecologia e obstetrícia, banco de leite, consultórios de pediatria, Pronto Atendimento Pediátrico (PAP) e salas das residências.

No 1º andar do edifício terá quatro salas cirúrgicas para partos e outras seis para parto normal. Já no 2º pavimento serão 19 leitos de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e 12 leitos para CTI Neonatal. O 3º andar contará com 21 quartos (dois leitos por quarto) de enfermaria e o último pavimento concentrará 16 quartos (dois leitos por quarto) de internação pediátrica.

Comentários

comentários