Governadores do Codesul discutem nesta quarta-feira renegociação da dívida dos estados

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) passa a presidência Pro Tempore do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul) para o governador do Rio Grande do Sul, Ivo Sartori, nesta quarta-feira (15), em Campo Grande.

Governador Reinaldo Azambuja Foto Chico Ribeiro
Governador Reinaldo Azambuja Foto Chico Ribeiro

O evento que também sediará o primeiro encontro do Conselho de 2015 será o primeiro sob a coordenação de Azambuja e acontece a partir das 11 horas, no Espaço Yotedy.

Entre os assuntos a serem discutidos durante a reunião está o pleito federativo dos estados brasileiros que inclui a dívida dos estados, a não oneração das finanças estaduais, a redução a zero da contribuição de estados e municípios para o Pasep, Lei Kandir e FEX (Fomento das Exportações).

Serão debatidos também temas como a segurança pública na rede Bio Sul, a criação da Sudesul (Superintendência do Desenvolvimento da Região Sul), a apresentação dos resultados do ano de 2014 do BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), o Parque Tecnológico Internacional de MS, assuntos administrativos do BRDE e escritórios, a cooperação para o uso conjunto de postos de fiscalização sanitária na região do Codesul e a inclusão de MS na Aliança Láctea, um bloco de estados criado para discutir o fortalecimento e estratégias para a cadeia produtiva do leite. Para finalizar a reunião, acontece a cerimônia de transferência de posse, denominada Pro Tempore por ter duração de apenas um ano. Seguido de um almoço para convidados e autoridades.

O governador Reinaldo Azambuja assumiu a presidência do Codesul porque o último titular era o gestor de Mato Grosso do Sul, que assumiu a função no Conselho em março do ano passado. Com Notícias MS.

Comentários

comentários