Governador receberá ministra da Igualdade Racial para adesão a pacto

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e a vice-governadora e secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Rose Modesto, recepcionam na próxima segunda-feira (27), às 9 horas, na Governadoria, a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Nilma Lino Gomes, que estará na Capital, para pactuar a adesão de Mato Grosso do Sul ao Sinapit (Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial), dentro do projeto Caravana Pátria Educadora.

Governador Reinaldo Azambuja e sua vice, Rose Modesto (Foto: Chico Ribeiro)
Governador Reinaldo Azambuja e sua vice, Rose Modesto (Foto: Chico Ribeiro)

“Aderindo ao Sinapir, Mato Grosso do Sul por meio da Subipirc (Subsecretaria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial e Cidadania), vai ter condições de dar aporte técnico, orientação e capacitação aos municípios que quiserem também sua adesão, possibilitando a criação de órgãos de defesa de direitos em suas localidades”, aponta Rose Modesto, titular da Sedhast, que comanda a Subpirc.

A Caravana está percorrendo todas as regiões do Brasil, promovendo debates e encontros com autoridades locais, representantes de universidades e da sociedade civil, visando ampliar o debate e estabelecer parcerias para a promoção da Igualdade Racial em todo o país.

Uma das estratégias da Caravana é conquistar a adesão dos estados e municípios ao referido sistema, que tem um papel importante no fortalecimento dessa pauta em nível nacional.

Dentro do sistema os municípios terão acesso aos recursos financeiro do governo federal, por meio de chamadas públicas, para desenvolver a política de igualdade racial. Em 2014, mais de R$ 30 milhões voltaram para o caixa da União devido à falta de projetos adequados ao Sinapir.

Os municípios de Corumbá e Bataguassu serão os primeiros do Estado a assinar a adesão, já que estão com toda a documentação em dia e possuem coordenadoria e conselhos da Promoção da Igualdade Racial.

Caravana

Mato Grosso do Sul é o quinto estado a receber a Caravana que entre os meses de abril e junho, já percorreu os estados do Pará, Maranhão, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de Moçambique, primeiro país africano a receber a versão internacional do Projeto.

A iniciativa é estreitar o contato com a população, para reforçar o significado da Política de Promoção da Igualdade Racial no Brasil. Além de firmar parcerias com estados, municípios e sociedade civil, fortalecendo a pauta da igualdade racial em todo o País.

Comentários

comentários