Governador e prefeitos de 31 cidades em emergência se reúnem na segunda-feira

A governadora em exercício, Rose Modesto (PSDB) e o secretário Sérgio de Paula (Casa Civil) estiveram ontem nas cidades de Taquarussu, Novo Horizonte do Sul e Ivinhema para avaliar os estragos das chuvas no Estado e anunciaram que na próxima segunda-feira (2), os prefeitos das 31 cidades que decretaram situação de emergência se reunirão, na Capital, com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para detalhamento de mais ações nas localidades.

Rose e Sérgio de Paula durante visita aos municípios (Foto: Casa Brasil)
Rose e Sérgio de Paula durante visita aos municípios (Foto: Casa Brasil)

Ainda nas cidades, que juntas tiveram mais de sete mil pessoas afetadas pelas chuvas, a governadora em exercício conversou com os prefeitos e a população local, além de realizar sobrevoos com o apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federa) para visualização das áreas atingidas pelas chuvas. “Sobrevoamos as cidades atingidas, ouvimos as lideranças, prefeitos e a comunidade in loco. Os estragos foram grandes. Novo Horizonte do Sul, por exemplo, tem grande problema com erosão o que determinará ações características nas obras de contenção”, destacou Rose.

Equipes da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) também já trabalham nessas cidades com apoio nos reparos aos estragos da chuva. Na semana passada, Miranda,  Aquidauana e Dois Irmãos do Buriti, receberam a visita da governadora em exercício, com ajuda humanitária aos desabrigados e entrega de kits de higiene, kits de limpeza, colchões e cestas básicas.

Cidades afetadas

No total, 31 cidades decretaram situação de emergência em Mato Grosso do Sul devido aos estragos das fortes chuvas. O Governo do Estado já liberou R$ 29 milhões na semana passada e ontem (25), liberou mais R$ 3 milhões para obras de drenagem de rodovias conforme a solicitação de cada cidade. Recursos junto ao Governo Federal também estão sendo pleiteados pelo estado.

Comentários

comentários