Governador cumpre agenda em dois municípios nesta terça-feira

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) cumpre extensa agenda pública nos municípios de Rio Verde e Coxim, ambos na região norte do Estado, durante toda a terça-feira (15).

Reinaldo vai ao interior nesta terça (Foto: Chico Ribeiro )
Reinaldo vai ao interior nesta terça (Foto: Chico Ribeiro )

Pela manhã, em Rio Verde, o governador autoriza abertura de processo licitatório para obra de recuperação asfáltica , 7,8 quilômetros, da rodovia MS-427, que dá acesso ao balneário Sete Quedas.

No mesmo projeto está previsto a implantação de ciclovia, na mesma rodovia, e mais 5 km de pavimentação até a até a ponte do córrego Barro Preto, o governo do Estado pretende fomentar o potencial turístico da região e ainda melhorar o escoamento da produção local.

Ainda em Rio Verde, Reinaldo Azambuja assina convênio que garante R$ 30 mil de recursos do governo estadual para instalação do Mercado do Produtor na região, e também doação de área para o município, dentre um terreno de 10.000m², visando a instalação do Paço Municipal, que acomodará todas as Secretarias Municipais.

As últimas ações no município são as cerimônias de entrega de recursos (R$400 mil) originários de emendas do então deputado federal Reinaldo Azambuja, para benefício da agricultura familiar da região e a solenidade de lançamento da retransmissão do sinal da TV e Rádio Educativa em Rio Verde.

Coxim

Já em Coxim, o governador participa da abertura da segunda edição da Rota do Desenvolvimento – Circuito Norte, que acontece de 15 a 18 de setembro, no município. O evento é realizado pelo governo do Estado, por meio da Semade (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), em parceria com o Sistema S e outras entidades do setor produtivo.

O objetivo é fomentar a interiorização do desenvolvimento e a diversificação da matriz econômica sul-mato-grossense.

Como último compromisso do dia, o Chefe do Executivo Estadual participa da cerimônia de descerramento da placa da obra de pista de exames práticos do Detran, que custou pouco mais de R$ 1,1 milhão de recursos próprios.

 

Comentários

comentários