Golpistas utilizam nome do governador e primeira-dama para pedir doações

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) divulgou nota na página oficial do governo do Estado na tarde desta sexta-feira (9), esclarecendo sobre golpistas que estão usando seu nome por telefone para pedir doações que seriam destinadas a “instituições filantrópicas”.

Nome do governador Reinaldo Azambuja está sendo usado em golpes
Nome do governador Reinaldo Azambuja está sendo usado em golpes

O fato vem acontecendo desde abril e preocupa o governante, que anteriormente publicou em sua página pessoal da rede de relacionamento Facebook, um esclarecimento sobre o caso.

Conforme a nota, há informações do golpe dentro e fora de Mato Grosso do Sul. O Governo informa ainda que, o cidadão que receber este tipo de ligação, informe o número à polícia, para auxiliar as investigações.

Leia a nota na íntegra:

“O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, e a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja, esclarecem, mais uma vez, que ninguém está autorizado a pedir doações em nome de ambos, ou da sua família, via telefone ou outros meios, a pretexto de apoio a qualquer tipo de causa ou instituição. Trata-se da ação de pessoas de má fé, que usam indevidamente o nome de figuras públicas para aplicar golpes, dentro e fora do Estado de Mato Grosso do Sul. Portanto, não se deve aceitar qualquer tipo de intimidação ou passar dados pessoais a desconhecidos. É preciso denunciar esse tipo de golpe, se possível passando o número que realizou a chamada para a polícia, a fim de evitar novas vítimas.”

Comentários

comentários