Gilmar Rinaldi garante Dunga e destaca planejamento

Mesmo com a desconfiança sobre o trabalho do técnico Dunga, após a eliminação da Copa América, Gilmar Rinaldi garantiu que ele continua no comando da Seleção e disse que não faz o menor sentido a troca de comando nesse momento. O coordenador de seleções da CBF lembrou que existe um planejamento para ser seguido.

Gilmar sobre troca de técnico: "é ruim para qualquer planejamento de futebol" Foto: Rafael Ribeiro/CBF
Gilmar sobre troca de técnico: “é ruim para qualquer planejamento de futebol” Foto: Rafael Ribeiro/CBF

“O trabalho tem que ter uma consistência, fazer um trabalho bem pensado. A gente sabia o que ia enfrentar, que os momentos de dificuldade viriam”, disse Gilmar. “É ruim para qualquer planejamento de futebol uma troca de comando”.

Apesar das palavras do coordenador, não existe uma garantia de que se Dunga cair, ele continuará na entidade. Gilmar possui um cargo superior ao do treinador, mas pode ser dispensado caso o mesmo aconteça com o atual comandante da Seleção.

A derrota para o Paraguai, nos pênaltis, nas quartas de final da Copa América, despertou a cobrança dos torcedores. Gilmar, porém, ressaltou que o trabalho com a atual equipe está sendo feito há apenas oito meses e que o grupo ainda possui jogadores inexperientes.

“Estamos trabalhando para buscar soluções, estamos com um trabalho de oito meses e estamos buscando coisas para melhorar. Não foi um vexame, é um competição difícil. Estávamos com problemas, como lesões”, afirmou o coordenador. “O que a gente tem que buscar é dar condição para que os jogadores amadureçam e encontrem seu melhor, mas não é de uma hora para outra”, completou.

O atual grupo da Seleção foi comparado com as antigas equipes que representavam o país, mas Gilmar destacou que existem jogadores que estão começando agora no time nacional e que o trabalho que está sendo desenvolvido está embasado em fazer com que esses atletas adquiram experiência.

“Não vamos resolver todos os problemas de uma hora para outra, é importante ter tranquilidade e serenidade. Não temos a varinha mágica, é trabalho e é o que estamos focados em fazer”, finalizou.

Questionado sobre a polêmica com Zico, Gilmar confirmou que vai acionar a Justiça. Na última terça-feira, ele já havia dito que usará o caminho jurídico para que o ídolo do Flamengo explique exatamente o que quis dizer nas declarações que deu ao jornal Extra.

Comentários

comentários