Gerência de Esporte se reúne com árbitros e representantes de federação

Foto Divulgação
Foto Divulgação

A equipe da Gerência de Desenvolvimento de Esporte e Lazer reuniu-se com diretores de arbitragem e representantes de federações para falar sobre os Jogos Escolares de Mato Grosso do Sul (JEMS). Em pauta: calendário de competições, novidades nas regras e regulamentos, avaliação do ano anterior e definição da forma de trabalho para 2016.

Participaram do encontro o presidente da Federação de Futsal de Mato Grosso do Sul Mauro Ferrari (FFSMS); o diretor de arbitragem da Federação de Vôlei de Mato Grosso do Sul (FVMS), Paulo Barreto; o diretor de arbitragem da FFSMS, Antônio Flavio Alves; a diretora de arbitragem da Federação de Handebol de Mato Grosso do Sul (FHMS), Andréia Albuquerque; além do gerente da Gedel, Paulo Ricardo Nuñez e os técnicos da Fundesporte Paulo Mansano e Karina Quaini.

“Nossa intenção é ter um relacionamento mais perto com as federações. Definir uma linha de trabalho e afinar com as federações principalmente sobre a arbitragem e as mudanças nas regras das modalidades e no regulamento da competição”, justificou o gerente da Gedel.

A iniciativa foi bem recebida pelas federações. O presidente da FFSMS ressaltou a importância dos JEMS para a formação da seleção do Estado. “Este ano teremos um campeonato de seleções sub-15 e nos escolares podemos encontrar o atleta que pode estar escondido em alguma cidade do interior do Estado. Nos JEMS conseguimos detectar e apontar talentos para a seleção”, disse Mauro Ferrari.

Os diretores de arbitragem destacaram as peculiaridades da competição. “Apitar JEMS é diferente. A competição é mais educacional e algumas regras são adaptadas. Alguns alunos não têm muitas noções e precisamos orientar antes de arbitrar”, disse Andréia Albuquerque. O diretor da FVMS concorda. “A seriedade da competição é a mesma de qualquer outra, mas o árbitro precisa ter discernimento. Arbitrar de forma educativa, mas não permissiva. Por isso temos que nos reunir e estabelecer uma forma de agir”, explicou Paulo Barreto. O pensamento dos colegas foi completado por Antonio Flavio da FFSMS. “Essa reunião é importante para clarear o regulamento, analisar as arbitragens na competição passada e melhorar para este ano”.

A reunião foi considerada proveitosa e segundo o gerente da Gedel foi apenas o primeiro encontro. A intenção é realizar novo debate em data mais próxima das competições. Os Jogos Escolares de Mato Grosso do Sul começam no dia 30 de abril, em Coxim, com as disputas no basquete, no handebol e no vôlei.

Comentários

comentários