Gaeco prende em flagrante contador por falsificação de documentos

Um contador foi preso em flagrante no fim da tarde de segunda-feira (14), suspeito de usar documentos faltos. O suspeito foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, em Campo Grande. Ele foi preso durante a operação Caduceu, mas a investigação será conduzida pela Polícia Civil.

Gaeco cumprindo um dos cinco mandados de busca e apreensão (Foto: G1)
Gaeco cumprindo um dos cinco mandados de busca e apreensão (Foto: G1)

Os documentos foram apreendidos pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e a força-tarefa da Lama Asfáltica durante a operação deflagrada desmantelar um esquema de emissão de notas fiscais frias.

No escritório do contador, foram apreendidos espelhos de RG em branco, procurações e documentos com autenticações falsas. Ele usava selos de cartórios para dar impressão de legitimidade nos documentos falsificados.

A prisão do contador não tem ligação direta com a investigação do Ministério Público. O inquérito sobre o uso de documentos falsos será conduzido pela Polícia Civil.

Operação Caduceu

Segundo as investigações, o esquema dava suporte para prática de crimes de corrupção, sonegação e lavagem de dinheiro envolvendo profissional de contabilidade e empresas investigadas na operação Lama Asfáltica. Foram expedidos cinco mandados de busca e apreensão nessa fase da operação.

A operação Lama Asfáltica investiga um grupo criminoso que desviava recursos de obras públicas em Mato Grosso do Sul por meio de fraudes em licitações e recebimento de propinas. (Com Informações G1).

Comentários

comentários