Foragido da justiça de Minas Gerais, professor acusado de pedofilia é preso em MS

Policiais Federais de Três Lagoas (MS) prenderam na noite desta terça-feira (03) o professor Hindeburg de Freitas Cantário, 28 anos, que era foragido da Justiça Federal de Belo Horizonte (MG) onde responde por crime de pedofilia.

Hindeburg respondia pelos crimes de armazenar e difundir imagens de pornografia infantil e estava foragido desde março / Divulgação
Hindeburg respondia pelos crimes de armazenar e difundir imagens de pornografia infantil e estava foragido desde março / Divulgação

O mandado de prisão foi expedido pela Justiça Federal de Belo Horizonte e é relativo a processo de pedofilia que se iniciou em 2014 a partir de prisão em flagrante durante buscas realizadas na casa do professor, onde foram encontrados registros contendo cenas de sexo explícito/pornográfico envolvendo menores.

Hindeburg respondia pelos crimes de armazenar e difundir imagens de pornografia infantil e estava foragido desde março, trabalhando como frentista em um posto de combustíveis na cidade de Três Lagoas/MS.

O preso foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal em Três Lagoas e após os procedimentos legais, será encaminhado ao presídio local onde permanecerá à disposição da Justiça.

Pelos crimes de armazenar e difundir pornografia infantil (Artigos 241-A e 241-B do E.C.A.) Hindeburg pode ser condenado a até 10 anos de prisão.

Comentários

comentários