Foguete que levaria satélite do Facebook explode; vídeo

Um foguete não tripulado, o Falcon 9, da empresa SpaceX explodiu nesta quinta-feira durante um lançamento de teste na base da Força Aérea em Cabo Canaveral, na Flórida. O acidente também destruiu um satélite do Facebook que seria levado ao espaço no próximo sábado. Depois da explosão principal, outras ocorreram assustando a população local. Ninguém ficou ferido.

Segundo a rede de TV “NBC”, a explosão destruiu o foguete e um satélite de comunicação. “A SpaceX pode confirmar que, em preparação para o lançamento de hoje, houve uma anomalia resultando na perda do veículo e sua carga útil. Por procedimento padrão, o local estava vazio e não houve feridos”, disse o porta-voz da SpaceX, Phil Larson, para a rede.

De acordo com o “Daily Mail”, o foguete levaria ao espaço o primeiro satélite do Facebook no próximo sábado. O satélite custa R$ 300 milhões e faz parte de um projeto da empresa para levar internet à África.

O criador do Facebook, Mark Zuckerberg lamentou a explosão que destruiu o equipamento. “Estou aqui na África profundamente desapontado ao saber que falha no lançamento da SpaceX destruiu nosso satélite que teria fornecido a conectividade com tantos empresários e todos os outros em todo o continente. Felizmente, nós desenvolvemos outras tecnologias como Aquila que conectam as pessoas também. Continuamos comprometidos com a nossa missão de conectar todos, e vamos continuar a trabalhar até que todos tenham as oportunidades que este satélite poderia ter fornecida”, escreveu Mark em seu Facebook.

A agência de notícias “Associated Press” informou que o foguete explodiu na plataforma de lançamento durante um teste. Segundo o jornal “Telegraph”, moradores registraram uma enorme nuvem de fumaça e muitas sirenes foram ouvidas no local.

Ainda segundo a publicação, o porta-voz da SpaceX, John Taylor, disse que não poderia comentar o acidente. A Nasa, que é cliente da empresa, disse que a explosão ocorreu no complexo de lançamento 40 na estação da Força Aérea e a equipe Kennedy de emergência estava no local. O foguete içaria um satélite de comunicações israelense neste fim de semana.

Comentários

comentários