Fla-Flu do caos; Juiz rouba cena do clássico, Flamengo vence e tira gordurinha do porco

O Flamengo venceu por 2 a 1 o Fluminense, num clássico equilibrado, disputado, no qual o lateral Wellington Silva falhou no gol da vitória rubro-negra, marcado por Fernandinho. Essa é uma maneira de contar o clássico desta quinta-feira, em Volta Redonda. A outra é destacando a polêmica arbitragem do trio da Fifa, comandado por Sandro Meira Ricci, que no fim do segundo tempo anulou, confirmou e depois voltou a anular um gol de Henrique, impedido, revoltando o Tricolor, que acusou a arbitragem de apitar usando informações das imagens de televisão.

ESPN
ESPN

E AGORA?

Com o resultado, o Flamengo volta a pressionar o Palmeiras, que empatou em 0 a 0 com o Cruzeiro. Agora, a distância do Rubro-Negro para o líder volta a ser de apenas um ponto (61 a 60). O Fluminense, que sofreu a segunda derrota consecutiva, permanece com 46 pontos, caindo para a sexta posição.

TUDO NORMAL

Foram poucas as chances claras, mas foi muito intensa a primeira metade do clássico. Embora o Fluminense tenha levado pequena vantagem na posse de bola (55% a 45%), foi o Flamengo que levou mais perigo e saiu na frente no placar. Aos 11 minutos, Diego cobrou falta na área, e Leandro Damião subiu para cabecear. A bola tocou na cabeça do tricolor William Matheus e entrou, mas o árbitro deu gol para Damião. O Fluminense reclamou de falta de Réver em Julio César, mas o zagueiro rubro-negro afirmou antes ter sido empurrado por Pierre.

COMEÇOU A DESANDAR

Mal a bola voltou a rolar, o Fluminense mostrou que estava vivo na partida e empatou a um minuto. Cícero ajeitou de cabeça o belo passe de Gustavo Scarpa e deixou Marcos Junior em ótima condição para fazer 1 a 1. O Flamengo, entretanto, mostrou controle emocional suficiente para manter seu ritmo até voltar à frente do placar com a ajuda do adversário. Aos oito minutos, Pará cruzou da direita, e Wellington Silva furou ao tentar cortar. A bola ficou limpa para Fernandinho tocar no canto e fazer 2 a 1.

JUIZÃO SE PERDEU DE VEZ

O jogo, entretanto, acabou por ser decidido em meio a uma grande polêmica. Aos 39 minutos Henrique, em posição de impedimento, cabeceou e fez o gol para o Fluminense. A arbitragem inicialmente anulou, dando impedimento do zagueiro, mas num segundo momento confirmou o gol do Tricolor. Em seguida, os jogadores rubro-negros cercaram o assistente Emerson Augusto de Carvalho, e o árbitro Sandro Meira Ricci, do quadro da Fifa, voltou a anular o gol, depois de uma longa paralisação. O Fluminense se revoltou, acusando a arbitragem de atuar sob interferência de imagens da televisão.

PIXOTADA

A arbitragem foi o assunto do Fla-Flu. Mas com a bola rolando, o clássico foi decidido numa falha de Wellington Silva. O lateral deu uma furada ao tentar cortar um cruzamento de Pará e deixou Fernandinho em ótima condição para marcar o segundo gol rubro-negro.

ATÉ NO INTERVALO…

Até mesmo quando não havia jogo, houve assunto no Fla-Flu. No intervalo da partida, dois torcedores – um de cada time – brigaram no gramado durante uma ação de marketing promovida pelos dois clubes. A dupla foi retirada do campo por policiais.

 

Comentários

comentários