Fifa afasta Valcke, acusado de montar esquema ilegal de ingressos da Copa

Dirigente teria desviado e vendidos ingressos do Mundial

Suíça – A Fifa afastou o francês Jérôme Valcke do cargo de secretário-geral da entidade. Em um curto comunicado, a Fifa diz que até solicitou uma investigação formal contra o ex-dirigente. Nesta quinta-feira, o nome de Valcke foi envolvido em um esquema de venda ilegal de ingressos da Copa do Mundo de 2014.

Valcke está afastado da Fifa e envolvido em polêmica Foto: Efe
Valcke está afastado da Fifa e envolvido em polêmica Foto: Efe

De acordo com o jornal “Estadão”, Valcke fez acordo para vender ingressos da Copa cobrando um preço quatro vezes maior. Ainda de acordo com a publicação, o esquema movimentou cerca de 2 milhões de euros (aproxidamente R$ 8,5 milhões).

Confira o comunicado

“A Fifa anunciou hoje que o seu secretário-geral, Jérôme Valcke, foi afastado e liberado de suas funções efetivas com efeito imediato e até um novo posicionamento da Fifa. A Fifa tomou conhecimento de uma série de denúncias envolvendo o secretário-geral e solicitou uma investigação formal pelo Comitê de Ética da Fifa.”

O DIA

Comentários

comentários