Festival Varilux de Cinema Francês segue até dia 22 na Capital

(Foto: Paulo Francis)
A Vice-Diretora da Aliança Francesa de Campo Grande, Márcia Saddi, durante entrevista no programa Capital Meio Dia. (Foto: Paulo Francis)

Acontece pela primeira vez na Capital, no período de 9 a 22 de Junho , o Festival Varilux de Cinema Francês 2016 . Está é 7ª edição do Festival que ocorre simultaneamente em 50 cidades do Brasil, e Campo Grande foi uma das escolhidas.

Conforme explicou na tarde desta terça-feira(14), a Vice-Diretora da Aliança Francesa de Campo Grande, Márcia Saddi, ao portal de notícias Página Brazil, o Festival contará com 15 filmes da mais recente produção cinematográfica do país que inventou a sétima arte. Está é a chance de toda a população conferir lançamentos inéditos.

“Este evento acontece no Cinemark do Shopping Campo Grande até a próxima quarta-feira, dia 22 e nós estendemos este convite a toda a população para que todos venham assistir, são filmes franceses de ótima qualidade, bem recentes e vários deles premiados em Cannes no ano de 20015”, explica.

Márcia ainda destaca que haverá uma homenagem ao diretor Claude Lelouch com a exibição da versão remasterizada do clássico “Um homem e Uma mulher”, de 1966, além da exibição de filmes dos gêneros mais variados, como dramas, comédias, romances e também animação.

Confira a seleção deste ano:

• Agnus Dei (Les innocentes), de Anne Fontaine
• Abril e o Mundo Extraordinário (Avril et le Monde Truqué), de Frank Ekinci e Christian Desmares
• Um Belo Verão (La belle saison), de Catherine Corsini
• Chocolate (Chocolat), de Roschdy Zem
• A Corte (L’hermine), de Christian Vincent
• Os Cowboys (Les cowboys), de Thomas Bidegain
• Um Doce Refúgio (Comme un avion), de Bruno Podalydès
• Flórida (Floride), de Philippe Le Guay
• Um Amor à Altura (Un homme à la hauteur), de Laurent Tirard
• Lolo – O Filho da Minha Namorada (LOLO), de Julie Delpy
• Marguerite (Marguerite), de Xavier Giannoli
• Meu Rei (Mon Roi), de Maïwenn
• O Novato (Le Nouveau), de Rudi Rosenberg
• La Vanité (La vanité), de Lionel Baier
• Viva a França! (En mai, fais ce qu’il te plaît), de Christian Carion
• Um Homem e Uma Mulher (Un homme et une femme, 1966), de Claude Lelouch | Sessão Clássico Francês

Toda a programação se encontra disponível no site do Cinemark ou então através do site do Festival.

Paulo Francis

Comentários

comentários