Festival América do Sul Pantanal reúne 470 artistas

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Começa hoje (20) em sua 12ª edição, o Festival América do Sul que este ano recebe o nome de Festival América do Sul Pantanal, valorizando e destacando a singularidade da região pantaneira no Brasil e no mundo.

Ao todo serão 108 atrações preparadas por 470 artistas, sendo 399 de Mato Grosso do Sul, 43 de outros estados e 28 de países da América do Sul, que se apresentarão até o dia 22, em Corumbá, Ladário , Puerto Suárez e Puerto Quijarro, na Bolívia. Dos 13 países da América do Sul, 9 irão participar do FASP.
Para o secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Athayde Nery, a alteração no nome chama a atenção para o fato de que o estado tem a maior parte do Pantanal em seu território, e por isso deve ser valorizado e preservado.

“Queremos fazer deste festival um laboratório de discussão da preservação do nosso Pantanal, nossa fauna e flora, reunindo a cultura , o turismo e a economia criativa. Fizemos duas audiências públicas para construir em conjunto com a população de Corumbá e Ladário. Esse formato nos permite consolidar uma elaboração coletiva”, afirmou Athayde.

O governador Reinaldo Azambuja acredita que o principal diferencial do FASP está na maior valorização dos artistas do Mato Grosso do Sul e parcerias efetuadas.

“Vale ressaltar o destaque para os artistas da terra, que este ano estão em maior número como nunca estiveram antes”, afirmou o Reinaldo.

Corumbá

Dos 399 artistas do Mato Grosso do Sul, 298 são de Corumbá e Ladário. São eles: 10 artistas da Feira Bocaiúva, 20 artistas do Bulixo Cultural, 7 do Espaço da Integração, 35 músicos da Banda Municipal, 33 músicos do Coral Cidade Branca, 15 artistas da Oficina Dança Pantanal, 22 músicos da Orquestra de Viola Caipira, 20 artesãos com suas exposições e 30 artistas da Mostra Rua.

Nesta edição o Festival irá homenagear duas personalidades: o poeta chileno Nicanor Segundo Parra Sandoval, de 101 anos, e o músico que divulgou o blues produzido no Estado por todo o Brasil, Renato Fernandes, falecido em fevereiro deste ano.
O 12º Festival América do Sul Pantanal é realizado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, e das fundações de Turismo e de Cultura.

Acesse o site e confira a programação: www.festivalamericadosulpantanal.com

Fundação de Cultura

Comentários

comentários