Fernando Prass sente dores e não treina. Seleção não vê risco de corte

Goleiro do Palmeiras machucou o cotovelo direito no treinamento da última terça-feira. Arqueiro voltará a ser relacionado, mas a princípio não preocupa para a Olimpíada

Sinal amarelo na Seleção Brasileira. O goleiro Fernando Prass, de 38 anos, sentiu dores no cotovelo direito na última segunda-feira, não treina nesta terça, faz tratamento e será reavaliado até o fim do dia. Segundo a CBF, no entanto, neste momento não há risco de corte do camisa 1 da Olimpíada.

Fernando Prass sentiu dores no cotovelo  Foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press / LANCE!
Fernando Prass sentiu dores no cotovelo Foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press / LANCE!

O local onde o veterano sente o incômodo é o mesmo que ele teve de operar em 2014. Ele está sob cuidados do médico André Pedrinelli e os fisioterapeutas Alex Evangelista e Charles Costa.

O goleiro reserva da Seleção é o jovem Uilson, de 22 anos, do Atlético-MG. Em caso de corte, Jordi, do Vasco, e Jean, do Bahia, são opções em uma lista de suplentes enviada pela CBF à Fifa. Há um outro arqueiro mantido em sigilo.

A Seleção pode recorrer à lista de 35 suplentes para fazer trocas por lesões até o dia 3, véspera da estreia na Rio-2016, contra a África do Sul, em Brasília.

Comentários

comentários