Fernando Prass e Thiago Silva estão na pré-lista da CBF para a Olimpíada

Fernando Prass e Thiago Silva estão pré-inscritos para disputar a Olimpíada, em agosto, pela seleção brasileira. Na última quarta-feira, a CBF enviou uma lista de 35 nomes ao Comitê Olímpico Internacional.

Fernando Prass deve disputar a Olimpíada, em agosto, pela seleção brasileira (Foto: Estadão )
Fernando Prass deve disputar a Olimpíada, em agosto, pela seleção brasileira (Foto: Estadão )

Essa relação não foi divulgada, mas o goleiro do Palmeiras, que fará 38 anos em julho, e o zagueiro do PSG são dois dos jogadores com mais de 23 anos – o regulamento permite que três acima desse limite de idade participem dos Jogos.

Neymar, do Barcelona, será um deles. O atacante nem participou da Copa América Centenário em razão de um acordo do clube espanhol com a CBF para que ele tivesse férias, e depois estivesse no torneio.

Pouco depois de ser demitido do cargo de coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi anunciou que Douglas Costa, do Bayern de Munique, também havia sido liberado. Willian, meia do Chelsea, é outro com quem a comissão técnica pretende contar na Olimpíada.

Desses com mais de 23 anos, Micale só poderá levar, relembrando, três para o torneio.

A presença de Prass atende a uma provável necessidade na posição, já que o Benfica tem se negado a permitir que Ederson, goleiro de 22 anos, dispute o torneio. Por não ser realizado num período reservado pela Fifa para jogos de seleções, nenhum clube é obrigado a liberar atletas.

Sem outro goleiro mais jovem e confiável para ser titular, a comissão técnica encabeçada por Rogério Micale escolheu Prass. O treinador foi confirmado no comando da equipe que, embora ele mesmo venha preparando há mais de um ano, seria dirigida por Dunga na Olimpíada.

Com a demissão do técnico da seleção principal e a contratação de Tite, que preferiu não assumir nos Jogos, Micale foi oficializado na função.

A mudança foi essencial para que Thiago Silva fosse incluído na lista. Preterido por Dunga, em razão de ter chiado ao perder a braçadeira de capitão para Neymar, ter cometido um pênalti na Copa América-2015, e por reclamações de seu estafe, o zagueiro volta à Seleção com a possibilidade de disputar a Olimpíada. Sua inclusão teve a bênção do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que foi consultado antes sobre o assunto.

Curiosamente, Prass jamais foi convocado para a seleção principal. Os goleiros com Dunga eram Alisson, que trocou o Internacional pelo Roma, Marcelo Grohe, do Grêmio, e Diego Alves, do Valencia. A lista de 35 nomes foi elaborada em conjunto pelas comissões técnicas do time olímpico e a antiga da equipe principal.

Com a saída do treinador e dos demais membros, pode ter havido modificações de última hora. Como a entrada de Thiago, por exemplo.

No próximo dia 29, Micale vai anunciar os 18 jogadores da Olimpíada, além de quatro suplentes, que poderão ser inscritos em caso de lesão dos convocados. Obrigatoriamente, esses nomes sairão da relação inicial de 35.

Isso aumenta consideravelmente a chance de Fernando Prass estrear com a camisa do Brasil no amistoso contra o Japão, dia 29 de julho, em Goiânia, último antes do jogo diante da África do Sul, dia 4 de agosto, em Brasília, estreia em busca da medalha de ouro inédita.

Comentários

comentários