Felipe Orro fecha com o PSDB, que agora tem oito na bancada estadual

Investida do governador Reinaldo Azambuja amplia a bancada do PSDB na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul para oito representantes, a partir da filiação do deputado Felipe Orro, egresso do PDT, que ocorreu na manhã desta sexta-feira, na sede do diretório regional do partido, em Campo Grande.

Orro assina no PSDB (Foto: Divulgação )
Orro assina no PSDB (Foto: Divulgação )

Com isso, o PDT fica sem bancada na Assembleia, já que o deputado estadual George Takimoto fica solitário na Casa. Pelo regimento interno, uma bancada passa a existir a partir de dois parlamentares.

As articulações em torno da ampliação dos quadros do PSDB no Estado estão sendo conduzidas pelo secretário Sérgio de Paula (Casa Civil), principal mentor político do governador Reinaldo Azambuja.

Por causa disso, partido dobrou de tamanho na Assembleia Legislativa, ampliando a sua bancada de quatro para oito deputados estaduais. Em 2014, foram eleitos Onevan de Matos, Professor Rinaldo, Ângelo Guerreiro e Flávio Kayatt.

Com as novas adesões, chegaram a Casa Beto Pereira (ex­-PDT), Mara Caseiro (ex-­PMB), Maurício Picarelli (ex­-PMDB) e agora Felipe Orro.

Com a intenção de se candidatar a prefeito de Campo Grande, Orro disse hoje que compõe o ninho tucano “como mais uma opção para a Capital”, mas reconhece a dificuldade, pois “chega no partido agora”, diz. “O candidato que for lançado tem grandes condições na eleição”, disse.

Comentários

comentários