Federer vence Nadal e é campeão no Masters 1000 de Xangai; Melo é vice

Gazeta Esportiva.com

Roger Federer se igualou a Rafael Nadal em número de títulos em 2017 (seis) (Foto: Chandan Khanna/AFP)
Roger Federer conquistou o seu sexto título da temporada neste domingo. O suíço só precisou de uma hora de 13 minutos para superar Rafael Nadal na grande final do Masters 1000 de Xangai por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Com o resultado, o suíço alcança a quarta vitória sobre o espanhol em 2017 e emplaca cinco triunfos consecutivos, o que é a maior sequência da rivalidade. Agora o placar do clássico está em 23 a 15 para o Toro Miura.

O título na China é o 94º do tenista de 36 anos, que agora está empatado com Ivan Lendl na segunda colocação entre os maiores vencedores do circuito. O americano Jimmy Connors é o líder com 109 conquistas. Este foi o terceiro Masters 1000 que o atleta da Basileia, que venceu dois Grand Slams no ano, leva em 2017.

Roger Federer começou a partida da melhor maneira possível. Após três break points, ele quebrou Rafael Nadal e, logo em seguida, confirmou o seu serviço, abrindo 2 a 0. Com certa facilidade, o número 2 do mundo conseguiu ganhar os outros games de saque e fechou a primeira parcial em 6/4.

O segundo set começou bastante equilibrado, entretanto o suíço conseguiu a quebra no quinto game e depois abriu 4 a 2. Superando o saque do espanhol no último game após duas quebras, Federer fechou a parcial por 6/3 e o jogo.

Henri Kontinen e John Peers com o troféu de campeão (Foto: Greg Baker/AFP)

Marcelo Melo é vice-campeão em Xangai

Marcelo Melo e Lukasz Kubot foram derrotados, neste domingo, na final do Masters 1000 de Xangai. A dupla formada pelo brasileiro e pelo polonês foi superada pelo finlandês Henri Kontinen e pelo australiano John Peers por sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

Encontrando dificuldades quando sacava, Melo e Kubot foram quebrados pelos cabeças de chave número 1 logo no terceiro game. No quinto game, os adversários do brasileiro tiveram quatro break points, mas não conseguiram confirmar a quebra. A parcial terminou em 6 a 4.

Na volta para o segundo set, o atleta do Brasil e o polonês perderam a chance de abrir 3 a 1 após desperdiçar dois break points. Por sua vez, Kontinen e Peers estavam ligados e quebraram o serviço nos dois saques seguintes e, com uma sequência de quatro games vencidos consecutivos, venceram a partida.

Após o torneio na China, o finlandês e o polonês continuam no topo do ranking de duplas da ATP, enquanto Marcelo Melo permanece na terceira colocação.

Comentários

comentários