Famílias começam a desocupar casas populares em Dourados

Por decisão da Justiça, cerca de 450 famílias começaram a deixar, nesta terça-feira (12), as casas do Residencial Deoclético Artuzi III, que foi invadido há um mês na região do Jardim Guicurus em Dourados, distante 233 quilômetros da Capital. A Polícia Militar (PM) foi ao local para auxiliar a desocupação.

Imóveis foram invadidos no dia 11 de abril - Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News
Imóveis foram invadidos no dia 11 de abril – Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News

As famílias invadiram o local, que está em fase de acabamento pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, no dia 11 de abril por aguardarem a casa própria há anos. A previsão era que os imóveis fossem entregues em 2014.

De acordo com o site Dourados News, o acordo para desocupação do local ocorreu no dia 6 de maio, na 4° Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entre representantes das famílias e a Polícia Militar de Dourados.

Os invasores foram notificados pela Justiça no dia 27 de abril, para que deixassem os imóveis. O mandado de reintegração de posse foi expedido no dia 15 de abril e assinado pela juíza da 4ª Vara Civil Daniele Vieira Tadin.

Comentários

comentários