Mesmo com golaço de Falcão Brasil cai para Irã nos pênaltis e está fora do Mundial

Dieguinho marcou o terceiro gol do Brasil (Foto: Getty Images/Fifa)
Dieguinho marcou o terceiro gol do Brasil (Foto: Getty Images/Fifa)

O ciclo que começou de maneira conturbada para o futsal brasileiro terminou da pior forma. Depois de várias trocas de técnico, boicote de jogadores e poucas competições de nível, o Brasil se despediu do Mundial da Colômbia com a sua pior campanha na história do torneio. Campeã em 1982, 1985, 1989, 1992, 1996, 2008 e 2012,  a seleção brasileira caiu nas oitavas de final após perder por 3 a 2 para o Irã nos pênaltis depois de um empate em 4 a 4 (3 a 3 no tempo normal e 1 a 1 na prorrogação). Eleito o melhor jogador do mundo em 2004 e 2008, Falcão balançou a rede três vezes – a segunda delas um belo gol de letra – e se despediu da Copa do Mundo Fifa sem chegar sequer à decisão do título.

Confira a disputa das penalidades no vídeo abaixo (Canal Cruzeiro Esporte Clube)

O outro gol brasileiro foi marcado por Dieguinho. Tayebi, Kazemi, Hassan Zadeh e Keshavarz balançaram a rede para o Irã com a bola rolando. Nas penalidades, Ari desperdiçou a segunda cobrança do Brasil, enquanto Rodrigo e Falcão converteram as suas. Para o Irã, balançaram a rede Hassan Zadeh, Sangseeidi e Ahmadi, autor do gol da classificação.

Espanha e Portugal avançam

Maior rival do Brasil, a bicampeã mundial Espanha enfrentou o Cazaquistão em Medellín. Com gols de Lozano, Bebe, Nurgozhin (contra), Raul Campos e Miguelín, os espanhóis venceram por 5 a 2 e agora encaram a Rússia nas quartas de final. Os gols dos cazaques foram marcados por Yessenamanov e Nurgozhin.

Em Cáli, Portugal não teve muita dificuldade para passar pela Costa Rica: 4 a 0. Os gols foram marcados por Ricardinho (dois), André e Tiago Brito. Os portugueses aguardam o vencedor  de Tailândia x Azerbaijão, que duelam nesta quinta, às 19h30, em Medellín.

Comentários

comentários