Exposição fotográfica aborda a pichação em Campo Grande

foto_divulgacao__carol_caco
Exposição documenta intervenções nos espaços urbanos. Foto: Carol Caco

As pichações em paredes, prédios e outros elementos da paisagem urbana de Campo Grande são o tema da exposição ‘No Concreto’, aberta nesta segunda-feira (15), na Galeria de Imagens do Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). As imagens foram produzidas pela fotógrafa Carol Caco, acadêmica do curso de Jornalismo, com objetivo de documentar as intervenções nos espaços urbanos e gerar reflexões acerca de grupos ou pessoas que se expressam por meio da prática do piche.

A mostra é composta por dez fotos em preto e branco, que foram originalmente produzidas para uma matéria sobre o tema. O processo de documentação durou três meses, entre entrevistas com três pichadores que solicitaram a preservação de suas identidades e um arquiteto. Essa diversidade de fontes gerou interessante contraste entre os depoimentos, que em conjunto com as imagens geram discussão entre a poluição visual e liberdade de expressão.

Serviço

A abertura da exposição ‘No Concreto’ ocorre às 18h do dia 15 de junho. Ela ficará aberta à visitação até o dia 3 de julho, dentro do horário de funcionamento do Curso de Jornalismo da UFMS. A entrada é gratuita. Mais informações pelo telefone (67) 9111-9857.

UFMS

Comentários

comentários