Explosões simultâneas na Turquia deixam 30 pessoas mortas e feridos

Uma dupla explosão provocou neste sábado (10) em Ancara, capital da Turquia, a morte de pelo menos 30 pessoas e deixou mais de 120 feridos. Segundo autoridades turcas, as explosões foram provocadas por terroristas e ocorreram próximo à principal estação ferroviária da capital.

Explosões deixaram centenas de feridos em Ancara (Foto: Fatih Pinar / AFP Photo)
Explosões deixaram centenas de feridos em Ancara (Foto: Fatih Pinar / AFP Photo)

No local das explosões estava sendo realizada uma manifestação a favor da paz, organizada por sindicatos e partidos políticos de esquerda, entre os quais o principal partido pró-curdo do país, o Partido Democrático do Povo (HDP).

Em nota, o Ministério do Interior turco informou que as explosões “de causa ainda desconhecida” ocorram às 7h04 (horário local). Fontes do governo trabalham com a hipótese de um atentado suicida.

A dupla explosão ocorre três meses depois de um atentado suicida, atribuído ao grupo jihadista Estado Islâmico, que matou 32 militantes da causa pró-curda.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, classificou o atentado como odioso. “Condeno firmemente esse ataque odioso contra a união e a paz do nosso país”, disse ele, em declaração divulgada na página da presidência turca na internet.

Comentários

comentários