Ex-BBB Laércio é preso por estupro de vulnerável em Curitiba

Laércio de Moura, que participou do “BBB 16”, foi preso na manhã desta segunda-feira, 16, em Curitiba, por crime de estupro de vulnerável e por fornecer bebidas alcoólicas a adolescentes. A informação, noticiada inicialmente pelo jornal “Gazeta do Povo”, foi confirmada pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), da Polícia Civil, onde o ex-BBB está preso. Ainda segundo o Nucria, Laércio irá prestar depoimento pela manhã e não resistiu a prisão.

256934
Foto: Ellen Soares / Globo

De acordo com a “Gazeta”, o ex-BBB ainda estaria sendo investigado por outros crimes previstos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A delegada adjunta Patrícia Conceição Nobre Paz comentou o caso em entrevista ao jornal. Patrícia contou que as investigações foram iniciadas devido a denúncias recebidas ainda na época em que Laércio participava do programa da Globo. “No programa, ele já anunciava algumas práticas duvidosas e recebemos diversas denúncias a nível nacional. A investigação começou sigilosa e discreta, mas prosseguiram a acabamos identificando vítimas”, afirmou.

Participação polêmica

No reality show, Laércio protagonizou um conflito com a também ex-BBB Ana Paula. Ele foi eliminado em fevereiro após enfrentá-la no paredão. Os dois brigaram por discordarem quanto as regras de convivência na casa e Ana Paula chegou a chamá-lo de pedófilo ao desabafar com outros participantes por ele ter declarado ter duas “namoradas” de 17 e 19 anos. A mineira também se revoltou ao vê-lo dormindo de cueca na frente das mulheres que estavam no programa.

A história rendeu ainda mais depois que internautas descobriram que o curitibano, em uma rede social, curtia páginas de supremacia branca, armas e se chamou de efebófilo, isto é, pessoa que tem atração sexual por adolescentes. A polêmica foi tanta que a página dele no Facebook chegou a ser excluída.

Quando Ana Paula foi eliminada da atração, Laércio comentou: “Não fiquei feliz com isso, não fico feliz com a desgraça dos outros. Só que a Justiça tarda, mas não falha. Quem a eliminou foi ela mesma”. Sobre as acusações de Ana Paula contra ele, o ex-brother evitou falar muito: “Isso está com meus advogados. Ela vai ter que provar na Justiça”.

Ego

Comentários

comentários