Ex-baterista do Grupo Acaba é baleado em bar, passa por cirurgia e está bem

Foto:Reprodução/Facebook.
Foto:Reprodução/Facebook.

Eduardo Lincoln Gouveia, 60 anos, ex-baterista do Grupo Acaba, foi baleado no abdômen, na noite desta quarta-feira (05), em um bar da Rua Pedro Celestino, no centro de Campo Grande.

Conforme informações preliminares, o musico foi atendido consciente e orientado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e passou por cirurgia nesta madrugada, na Santa Casa de Campo Grande. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade, o estado de saúde da vítima é estável e a mesma não corre risco de vida.

Segundo informações de pessoas que estavam no local e não quiseram se identificar, Lincoln chegou no bar e começou a discutir com outro cliente, que seria um conhecido empresario da Capital, em seguida aconteceu os tiros.

Entretanto a polícia alega ainda não saber quem atirou contra o ex-integrante do grupo. No boletim de ocorrência, consta que ninguém presente no local quis relatar como ocorreu o crime.

Sobre o Grupo Acaba – Foi criado no ano de  1969, é um grupo regional de raiz do Mato Grosso do Sul, conhecido por divulgar o folclore desde o antigo Estado de Mato Grosso.

O grupo completou 50 anos este ano, com a gravação de um DVD de comemoração com canções clássicas do repertório da Associação de Compositores do Bairro Amambaí.

Comentários

comentários