Fruto típico da Amazônia, guajiru pode ser instrumento de combate ao câncer

guajiru
O guajiru é típico do bioma amazônico e tem funções terapêuticas inexploradas.

Conhecido popularmente por suas propriedades terapêuticas de controle do diabetes mellitus, o guajiru (Chrysobalanus icaco L.), fruto típico da região amazônica chamou a atenção de pesquisadores em um evento internacional por suas características anticancerígenas.

A pesquisa que avalia as potencialidades ainda inexploradas do guajiru rendeu ao doutorando em toxicologia, Vinicius de Paula Venâncio, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP, o primeiro lugar do prêmio Texas A&M University Student Research Week 2015, em maio deste ano nos EUA.

vinicius venancio
Venâncio acredita que sem o aporte financeiro da bolsa nunca poderia cursar o doutorado fora do Brasil.

Formado em farmácia, Venâncio conta que é o primeiro de sua família a estudar em uma universidade pública. Atualmente ele faz estágio no College of Agriculture and Life Sciences na Texas A&M University pelo programa Ciência sem Fronteiras onde analisa os efeito das antocianinas, pigmentos naturais presentes na casa do fruto do guajiru em células de câncer de cólon. Os resultados até o momento indicam que a substância exerce efeito citotóxico e anti-inflamatório sobre essas células.

Para o pesquisador conhecer as propriedades de saúde que os frutos brasileiros oferecem constitui um enorme benefício à sociedade e podem trazer impactos sociais e econômicos positivos com o desenvolvimento sustentável para produtores locais, “o fruto ainda é subutilizado mas ele possui valor agregado”, explica.

Luana Campos com informações do CNPq

 

Comentários

comentários