Equador é atingido por mais um terremoto

Um tremor de magnitude 5.2 graus na escala Richter atingiu hoje (22) a província de Guayas, no Equador. O abalo sísmico foi confirmado pelo diretor do Instituto Geofísico do país, Mario Ruiz. Ele adiantou que o sismo não tem relação com o terremoto de 7.8 graus de magnitude registrado no último sábado (16) na costa equatoriana.

“É um tremor que não tem uma relação direta com o sismo do dia 16 e, portanto, não pode ser considerado uma réplica”, disse. O abalo foi registrado às 8h26 (horário local) ao sul da província de Guayas, a uma profundidade de 12,5 quilômetros. Até o momento, não há relatos de danos materiais ou vítimas.

1013706-26480752575_388d3738ee_o

Ontem (21), o presidente do Equador, Rafael Correa, informou que os trabalhos de busca e resgate de sobreviventes, após o terremoto do último fim de semana, será mantido até que sejam descartadas as possibilidades de se encontrar alguém com vida sobre os escombros. A operação deve ser mantida por, pelo menos, dez dias a contar do registro do tremor de terra.

De acordo com o Ministério Público do Equador, o terremoto do último sábado provocou 587 mortes. Entre as vítimas, há 27 estrangeiros provenientes da Colômbia (10), Cuba (6), Canadá (2), República Dominicana (2), Reino Unido (2), Itália (1), Alemanha (1), França (1), Irlanda (1) e um em processo de verificação de nacionalidade.

Agência Brasil

Comentários

comentários