Epidemia de dengue avança e Exército monta hospitais de campanha na Capital

Hospitais de campanha foram montados pelo Exército, nesta quinta-feira (10), em frente a duas unidades de pronto atendimento para ajudar no atendimento a pacientes de dengue, zika e chikungunya em Campo Grande. É a segunda ação dos militares depois que recolher pneus em bairros e levar para a reciclagem.

Hospital de campanha em Campo Grande (Foto: José Aparecido/ TV Morena)
Hospital de campanha em Campo Grande (Foto: José Aparecido/ TV Morena)

A capital de Mato Grosso do Sul está em situação de epidemia de dengue há uma semana, segundo a prefeitura, e já registrou três mortes em decorrência da doença neste ano.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, nos últimos 20 dias foram notificados 900 casos de dengue, o que significa, em média, 45 casos por dia.

As tendas montadas em frente às UPAs Vila Almeida e Universitário têm capacidade para 23 leitos em espaço de 40 m². As tendas também serão montadas a partir desta sexta-feira (11), na UPA da bairros Coophavila.

As tendas serão utilizadas para desafogar os leitos dos postos de saúde, designados a hidratação dos pacientes.

O Exército Brasileiro forneceu a estrutura para que o município faça os atendimentos. A estrutura móvel também pode abrigar outros atendimentos médicos e até cirurgias.

Segundo Ivandro Fonseca, serão atendidos pacientes em casos de baixa e média complexidade, que devem receber medicamentos e soro via venosa. Situações mais graves serão encaminhadas a hospitais.

Comentários

comentários