Empresas do setor terciário tem a próxima sexta-feira para pagarem a contribuição sindical

O Consultor Sindical da Fecomécio-MS, Fernando Camilo de Carvalho durante entrevista no Capital Meio Dia. (Foto: Paulo Francis)
O Consultor Sindical da Fecomécio-MS, Fernando Camilo de Carvalho durante entrevista no programa Capital Meio Dia. (Foto: Paulo Francis)

A contribuição sindical das empresas do setor terciário de Mato Grosso do Sul, responsável pelo comercio de bens e serviços no Estado, deve ser efetuado ate o último dia útil do mês de janeiro, que será na próxima sexta feira (29).

O Consultor Sindical da Fecormércio-MS, Fernando Camilo de Carvalho, explicou na tarde desta segunda-feira (25), ao Página Brazil e em entrevista ao programa Capital Meio Dia, que a contribuição é paga uma vez por ano de acordo com o capital da empresa. O valor recolhido é dividido em quatro partes, sendo que 60% vai para o sindicato, 15% é destinado ao custeio da Federação dos Sindicatos afiliados, 5% vai para a Confederação Nacional do Comercio e 20% vai para o Governo Federal através da conta do Ministério do Trabalho.

“Pelo menos 80% do valor arrecadado volta em benefícios das empresas do setor de comércio de bens, serviços e turismo, que é o comercio em geral. O custo não é tão alto tendo em vista os benefícios que a instituição pode objetivar tanto a nível municipal, estadual e federal em relação a defesa dos interesses da classe, e além disso há a possibilidade de dividir o pagamento em até 12 vezes”, explica.

Fernando Camilo frisa que o pagamento é obrigatório e as empresas que deixarem de cumprir com o pagamento podem serem multadas pelo órgão fiscalizador que é o Ministério do Trabalho, que pode chegar ao valor de R$ 5 Mil.

“Nós não queremos fazer pressão, estamos apenas alertando aos empresários que cumpram com suas obrigações legais, pois muitas vezes a empresa deixa de pagar R$200 ou R$300 no ano e acaba recebendo uma muita de quase R$5 mil”, ressalta.

O consultor explica que a guia de pagamento já foi enviada para as empresas com o valor devidamente descriminado, porem para aquele empresario que por algum motivo não recebeu sua guia ou se extraviou, pode acessar o site da Fecomércio e verificar sua situação ou reimprimir o seu boleto caso necessite. A Fecomércio esta localizada na Rua Alm. Barroso, 52 – Amambaí, Campo Grande, o telefone para contato é o (67)3311-4300.

 Paulo Francis.

Comentários

comentários