Empresário foi executado com 11 tiros de pistola 765

A arma usada para executar empresário do ramo de transporte, Toni Ednaldo dos Santos,40, assassinado na noite de quinta-feira (24), foi uma pistola 765.

Corpo da vítima foi encaminhado para exame necroscópico - Foto: Sidnei Bronka/94 FM
Corpo da vítima foi encaminhado para exame necroscópico – Foto: Sidnei Bronka/94 FM

Ele foi assassinado dentro da própria casa localizada na rua Ediberto Celestino de Oliveira, Jardim Água Boa, em Dourados.

Conforme uma testemunha que estava na companhia da vítima, o pistoleiro invadiu a casa e da porta da sala fez os disparos. Toni foi morto na cadeira onde estava sentado.

Segundo a polícia, foram encontradas no corpo dele 11 perfurações e apreendidas no chão da casa sete cápsulas e dois projéteis de pistola 765.

A testemunha ainda contou à polícia que o autor do crime não se preocupou em esconder o rosto e, depois da execução, fugiu.

Toni era dono de empresa de turismo na cidade.

A polícia investiga o crime.

Comentários

comentários