Empresa ICE Cartões Especiais é citada na operação Lama Asfáltica, da PF

A empresa ICE Cartões Especiais foi citada na operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal, que investiga esquema de fraude em licitações, com suposta participação de empreiteiros, servidores públicos e políticos em Mato Grosso do Sul.

Detran-MS em Campo Grande (Foto: Divulgação )
Detran-MS em Campo Grande (Foto: Divulgação )

A ICE mantém dois contratos com o Detran (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), ambos firmados no período em que Carlos Henrique Santos Pereira esteve na cheia do órgão estadual: um de R$ 64,6 milhões, que expira em março do ano que vem, transação pactuada para que empresa cuide da vistoria e emplacamento de veículos, segundo reportagem do jornal Correio do Estado.

Já o outro acordo, de R$ 152 milhões, assinado em novembro do ano passado, último mês da gestão do segundo mandato de André Puccinelli (PMDB), termina somente daqui cinco anos, em 2019, um ano depois de o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ter cumprido o mandato.

Neste caso, a ICE foi acomodada como prestadora de serviço do governo para confeccionar carteiras de habilitações de motoristas.

Comentários

comentários