Empresa americana alega que cigarro de chá verde ajuda a parar de fumar

Uma empresa americana desenvolveu um cigarro feito de chá verde e alega que ele pode ajudar os fumantes a parar de fumar. Chamado Billy 55, o “cigarro verde” foi ideia de um acupunturista de 35 anos que, segundo o site da empresa, estava cansado de não conseguir ajudar seus pacientes a abandonar o cigarro.

Embalagens do cigarro de chá verde Billy 55 (Foto: Reprodução/Facebook/Billy 55)
Embalagens do cigarro de chá verde Billy 55 (Foto: Reprodução/Facebook/Billy 55)

Segundo o fundador da empresa, Ranko Tutulugdzija, o cigarro de chá pode ajudar os fumantes a parar de fumar se eles seguirem alguns passos. Primeiro, substituir alguns cigarros comuns por cigarros de chá. Depois, fumar exclusivamente os cigarros verdes. Depois começar a reduzir o número de cigarros fumados com a ajuda de acupuntura. Segundo a empresa, o cigarro de chá ajudaria o fumante a se livrar do vício da nicotina e do tabaco enquanto ele ainda tem a sensação de fumar um cigarro parecido com o tradicional.

Apesar das alegações da empresa, a agência de vigilância sanitária dos Estados Unidos, o FDA, classifica o produto como um cigarro comum, de acordo com a revista “Time”, já que envolve fumar uma substância que produz monóxido de carbono. Um alerta publicado em letras pequenas no site da empresa lembra que os cigarros de chá também contêm alcatrão, além do monóxido de carbono.

Especialistas ouvidos pela revista “Time” veem o produto com ceticismo e afirmam que não há evidência científica de que o cigarro de chá realmente ajude alguém a abandonar o cigarro. Até o momento, a venda do produto está restrita aos Estados Unidos.

G1

Comentários

comentários