Em reunião com o governador, Betini presta contas e fala de novos desafios

Audiência ocorreu pela manhã na Governadoria com a presença do deputado federal Geral Resende (PSDB)

Em reunião com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nesta segunda-feira (16), Dorival Betini prestou contas de seu mandato à frente da DFDA-MS (Delegacia Federal da Agricultura Familiar), cargo que assumiu em 25 de julho do ano passado, e falou de novos desafios, desta vez como superintendente do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente) em Mato Grosso do Sul.

Betini durante reunião com o governador Reinaldo Azambuja (Foto: Divulgação )

A audiência ocorreu pela manhã na Governadoria com a presença do deputado federal Geraldo Resende (PSDB) e do novo superintendente da Delegacia Federal da Agricultura Familiar, Daniel Mamedio do Nascimento.

Durante o encontro, Betini trocou impressões a respeito da atual situação do país, que atravessa uma crise econômica e institucional sem precedentes e colocou o Ibama à disposição do governador.

Apesar disso, a ideia do superintendente do Ibama em Mato Grosso do Sul é buscar parcerias visando a implementação de novos programas ambientais sustentáveis, como tem defendido o ministro do Meio Ambiente Sarney Filho.

Particularmente, Betini vê com otimismo obter novos trunfos em Mato Grosso do Sul, mas reconhece que terá tarefa dura pela frente em torno de discussões voltadas a pautas que incluam questões de meio ambiente e sustentabilidade.

O seu desejo é atuar em conjunto com os integrantes da bancada federal no Congresso Nacional e com as demais instituições públicas, incluindo o governo do Estado e as prefeituras.

NOMEAÇÃO

A nomeação de Betini para exercer o cargo federal no Estado foi publicada no Diário Oficial da União por meio da Portaria nº 387, de 4 de outubro deste ano, assinada pelo ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho.

A sua agenda pública mais recente foi o lançamento do Plano Safra 2017/2020 em vários municípios, onde vinha cumprindo um cronograma de reuniões com produtores rurais, sindicalistas ligados ao setor, dirigentes partidários, prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias locais.

Paralelamente ao lançamento do Plano Safra, o delegado também vinha apresentando as políticas públicas do órgão para o atual exercício financeiro.

Entre outros cargos que exerceu, Betini foi assessor parlamentar do então deputado estadual Londres Machado (PR), da deputada estadual Grazielle Machado (PR), assessor especial da Casa Civil durante o atual governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), e do deputado federal Geraldo Resende (PSDB).

Atualmente vice-presidente regional do PR, Betini presidiu o PRP (Partido Republicano Progressista) e trouxe para Mato Grosso do Sul junto com a deputada estadual Mara Caseiro (PSDB), o PMB (Partido da Mulher Brasileira).

Com trânsito em várias correntes políticos, o bacharel em Direito ganhou notoriedade entre as principais lideranças estaduais por exercer um forte poder de articulação nas bases eleitorais, na interlocução com prefeitos, vices e vereadores.

 

Comentários

comentários