Em nove anos, número de fumantes no Brasil cai 30,7%

Um estudo divulgado na última quinta-feira (28) pelo Ministério da Saúde mostra que o número de fumantes brasileiros diminuiu 30,7% desde 2006.

Atualmente, 10,8% dos brasileiros fumam, segundo a Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) do Ministério da Saúde. Há nove anos, essa porcentagem era de 15,6%.

Ainda de acordo com a pesquisa, 12,8% dos homens fumam e 9% das mulheres. Quanto à faixa etária, o número de fumantes é maior entre pessoas de 45 e 54 anos (13,2%). O levantamento apontou também que 21,2% da população se considera ex-fumante.

Em março deste ano, o Brasil recebeu prêmio internacional por controle de tabagismo. Na ocasião, a organizadora da premiação, Bloomberg Philanthropies, apontou o País como modelo a ser seguido por outras nações que também atuam no combate ao fumo.

A cada minuto, dez pessoas morrem no mundo por conta do tabagismo, considerado uma doença epidêmica pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Só no Brasil, são 200 mil mortes por ano decorrentes de doenças associadas, como infarto e bronquite. Mas a situação pode piorar caso não sejam implantadas medidas para conter o avanço do fumo: o número de mortes pode subir de seis para oito milhões em 2030, alerta o relatório de 2013 da OMS.

com informações do Planeta Sustentável

Comentários

comentários