Em 14º na tabela, Mano Menezes deixa equipe do futebol chinês

Mano Menezes deixou o comando do Shandong Luneng. Em reunião realizada nesta terça-feira, clube e o técnico assinaram o distrato.

Mano Menezes chegou ao Shandong Luneng em dezembro do ano passado (Foto: Divulgação)
Mano Menezes chegou ao Shandong Luneng em dezembro do ano passado (Foto: Divulgação)

No clube havia seis meses, Mano deixa o time em situação ruim na tabela da Superliga Chinesa.

Otime ocupa a 15ª colocação (são 16 participantes), figurando na zona de rebaixamento.

De acordo com o treinador, o fim das atividades no Shandong foi feito em consenso com o clube.

“Depois de seis meses de trabalho, o que marca é a inédita classificação do clube entre os 8 melhores da Liga dos Campeões Asiática de 2016, que terá suas quartas de finais disputadas no segundo semestre”, disse Mano Menezes.

A saída de Mano pode mudar os rumos de alguns atletas do futebol nacional. O volante Elias era um dos desejos de Mano Menezes. O Corinthians aguardava proposta oficial do clube da China, o que pode não ocorrer mais. Outro que interessava era o meia Nenê, do Vasco. Mano havia indicado a contratação do jogador.

Na curta passagem pela China, Mano pediu a contratação do zagueiro Gil, atualmente na seleção brasileira. O vínculo do zagueiro com o Shandong foi assinado por quatro anos. O time asiático pagou R$ 45 milhões. Sua chegada foi um pedido expresso do treinador, que detectou necessidade de reforçar o sistema defensivo.

Também defendem o Shandong os brasileiros Diego Tardelli, Jucilei e Aloísio. O meia Montillo, ex-Santos e Cruzeiro, também atua na equipe chinesa.

Confira o comunicado de Mano Menezes

Após reunião nesta terça-feira com a presidência do clube, decidimos em consenso, interromper as nossas atividades no Shandong Luneng. Depois de seis meses de trabalho, o que marca é a inédita classificação do clube entre os 8 melhores da Liga dos Campeões Asiática de 2016, que terá suas quartas de finais disputadas no segundo semestre.

Agradecemos aos jogadores, ao clube pela oportunidade, à torcida pelo apoio e à imprensa pela cobertura correta e equilibrada da nossa passagem pelo futebol chinês. Sobretudo, desejamos sucesso ao Shandong Luneng na sequência do trabalho!  (UOL)

Comentários

comentários