Dunga se oferece para treinar o São Paulo, mas é rejeitado pelo clube

Estafe do treinador procurou o clube, que pode perder Bauza para seleção argentina, mas nome foi descartado

Desempregado desde que deixou o comando da seleção brasileira após a eliminação da Copa América Centenário, Dunga está em procura de trabalho. O estafe do treinador ofereceu os seus serviços para o São Paulo.

Dunga é rejeitado pela diretoria do São Paulo (Foto: Divulgação )
Dunga é rejeitado pela diretoria do São Paulo (Foto: Divulgação )

No entanto, o nome do técnico foi rejeitado de maneira quase unânime pelos dirigentes tricolores. As informações são do jornalista Jorge Nicola, da Rádio Bradesco Esportes FM.

O São Paulo ainda conta com Edgardo Bauza como treinador, no entanto, o argentino é um dos nomes mais cotados para assumir a seleção de seu país, já tendo inclusive se reunido com dirigentes da AFA (Associação de Futebol Argentino), e pode ficar sem técnico em breve. Mesmo que isso aconteça, o nome de Dunga já foi descartado como possível sucessor.

A carreira de técnico de Dunga, capitão do tetra na Copa do Mundo de 1994, é curta. Em 2006 ele assumiu a seleção brasileira pela primeira vez, onde ficou até o final do Mundial de 2010, na África do Sul. Após três anos desempregado, ele assumiu o comando do Internacional, clube onde foi ídolo. Ficou um ano apenas. Em 2014 voltou a comandar a seleção nacional.

Argentino oferecido

Além de Dunga, outro nome foi oferecido ao São Paulo. Trata-se do atacante Pablo Osvaldo. O argentino naturalizado italiano estava no Boca Juniors, de onde foi dispensado em maio após diversas confusões extracampo, que incluiu um flagra fumando dentro do vestiário. Desde então ele está sem clube. (BAND)

Comentários

comentários