Dunga pede desculpas por declaração polêmica: 'Não reflete minha opinião'

Treinador falou sobre passagem como jogador de futebol

Chile – Após a repercussão negativa gerada por uma declaração polêmica sobre os afrodescendentes, o treinador da seleção brasileira Dunga decidiu se desculpar. Ao analisar as dificuldades à frente do Brasil como jogador e treinador, o comandante afirmou que havia apanhado bastante. No site oficial da CBF, Dunga voltou atrás.

Dunga pediu desculpas por declaração negativa Foto:  Efe
Dunga pediu desculpas por declaração negativa
Foto: Efe

“Quero me desculpar com todos que possam se sentir ofendidos com a minha declaração sobre os afrodescendentes. A maneira como me expressei não reflete os meus sentimentos e opiniões”, afirmou.

Na última entrevista coletiva antes do confronto entre Brasil e Paraguai, Dunga fez uma análise sobre os momentos em que viveu á frente da Seleção como jogador. Sendo polêmico na declaração.

“Simples. Nós éramos ruins com sorte. Os outros eram bons com azar. Aquela seleção tinha uma cobrança de 40 anos sem ganhar uma Copa América (time de 1989), 24 anos sem ganhar a Copa do Mundo. Tudo que fazia era de ruim. Até acho que sou afrodescendente, de tanto que apanhei. Os caras olham e batem. Mesmo quando ganha, não vai satisfazer a todos. Mas é uma alegria, um orgulho defender o nosso país. Esse jogadores têm uma pressão enorme, um pouco diferente da nossa, mas muito dura”, desabafou.

O DIA

Comentários

comentários