Dunga acredita que fatores extracampo prejudicam Neymar

A cabeça de Neymar não está no Chile. E os problemas do fisco espanhol podem estar atrapalhando o rendimento do principal jogador da Seleção Brasileira . Pelo menos é deixou no ar o técnico Dunga, após a derrota do Brasil por 1 a 0 para a Colômbia.

Dunga viu seu time jogar mal nos primeiros 45min, apesar de mudanças
Dunga viu seu time jogar mal nos primeiros 45min, apesar de mudanças

“Acho que todos nós somos seres humanos. E não dá para desvincular o que acontece na nossa vida pessoal do profissional. Além disso, hoje tivemos muitas jogadas ríspidas, coisas do jogo da Copa, ano passado, e não tivemos atuação individual boa, além do juiz que deixou muito a desejar”, disse Dunga após a partida.

O técnico da Seleção disse que o que se viu em campo foi muito por conta do árbitro Enrique Osses, do Chile: “Quando em um jogo se fala muito do árbitro, é que algo não passou bem. Não convidaria esse juiz para um jogo com meus amigos”, criticou Dunga. “E em uma Copa América bem organizada pelo Chile, é lamentável”, completou.

Sem poder contar com Neymar contra a Venezuela, no domingo, no mesmo Estádio Monumental, Dunga deve manter Philippe Coutinho no time titular. “Vou começar a pensar no que fazer”, afirmou, sem querer cravar que vai perder Neymar também nas quartas de final, já que o capitão foi expulso por dar uma cabeçada em Bacca após o apito final. “Já jogamos um jogo sem Neymar e somos capazes. Temos jogadores no elenco que podem ser titulares. Temos que encontrar a fórmula de jogar sem ele”, finalizou.

TERRA

Comentários

comentários