Duas mulheres são presas após denúncia de usar filhos para vender drogas

A DPCA (Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente) chegou até o endereço onde as mulheres foram presas depois de receber denúncias anônimas. (Foto: Reprodução)
A DPCA chegou até o endereço  depois de receber denúncias anônimas. (Foto: Reprodução)

Thais Matias de Souza (23) e Lauriana Natalia Oliveira (31), foram presas em flagrante por tráfico de drogas, na manhã desta quinta-feira (29), em uma residência, localizada no bairro Estrela do Sul. As mulheres foram detidas após a polícia receber denúncias anônimas por meio dos canais 100 e 181, de que usavam os filhos para vender os entorpecentes.

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), Fábio Sampaio, depois de receberem a denúncia à polícia pediu um mandado de busca e apreensão. Na casa, os policiais encontraram 106 gramas de maconha, que já estavam embaladas para venda em diversos cômodos da casa.

Segundo o boletim de ocorrência, na residência estavam quatro crianças, de 8 a 11 sendo que três delas são filhos de Lauriana e  outra da jovem de 23 anos. O delegado afirmou que não foi constado que as crianças vendiam as drogas.

Entretanto, as mulheres foram levadas à delegacia onde Lauriana confessou que a droga era para consumo próprio, mas não conseguiu explicar porque o entorpecente estava por diversos cômodos da casa e embalado.

A outra mulher disse desconhecia a existência da droga e as duas negaram que usavam os filhos para vender o entorpecente. Elas foram encaminhadas para o Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi e as crianças estão foram entregues ao Conselho Tutelar de Campo Grande.

Comentários

comentários